PROJETOS DE EXTENSÃO

00-00-0000

        Os objetivos dos Projetos de extensão são definidos e limitados a um prazo determinado de execução, que deve resultar em uma intervenção ou produto que será objeto de avaliação.

        Os projetos de extensão devem, preferencialmente, estar vinculados a programas de extensão como: Curso de Extensão: ação pedagógica de caráter teórico e/ou prático com a finalidade de qualificar a comunidade em geral, em diversas áreas do conhecimento, através do acesso ao conhecimento produzido na Faculdade; Prestação de Serviços: atividade de transferência à comunidade, do conhecimento gerado e instalado na Faculdade, contratado por terceiros (comunidade ou empresa) e/ou Eventos: ações que implicam na apresentação e exibição pública e livre ou também com clientela específica, do conhecimento ou produto cultural, científico e tecnológico desenvolvido, conservado ou reconhecido pela Faculdade.

       O Coordenador de Projeto de Extensão é aquele que propõe o Projeto conforme a área de Iniciação Científica e conhecimento que é validado pela Coordenação do Curso ou Colegiado.

     São competências do Coordenador: elaborar o projeto e enviar para apreciação da coordenação de curso e colegiado de curso; coordenar, supervisionar e promover o funcionamento do programa, de acordo com as diretrizes normativas institucionais; elaborar e enviar relatório final das atividades desenvolvidas pelo Projeto de Extensão; exercer outras atribuições concernentes ao bom funcionamento do Projeto de Extensão; elaborar o plano de metas para cada período letivo; propor alterações no projeto do Programa, sobretudo a intensificação da interseção entre o ensino, a Iniciação Científica e a extensão; coordenar as atividades de articulação com a Graduação, a Extensão, a Iniciação Científica e com as demais áreas da Faculdade e propor o desenvolvimento de parcerias com empresas, comunidade e órgãos em geral.

     Os projetos de extensão são propostos por professores da instituição com a participação dos acadêmicos e serão apreciados pelas Coordenações de Curso e Colegiado e, posteriormente, aprovados pela Direção Acadêmica.

      São participantes também, membros que fazem parte de outras instituições sejam de ensino ou não, que fazem parceria na execução do projeto.

       A carga horária será definida de acordo com a natureza do projeto, sendo a carga horária mínima de qualquer projeto de extensão, 8horas.

      O projeto deverá contemplar: explicitação detalhada dos fundamentos teóricos que a orientaram, bem como caracterização e justificativa; clareza e precisão dos objetivos definidos; explicitação dos procedimentos metodológicos; indicação do público alvo e do número estimado de pessoas beneficiadas; cronograma de execução; descrição do processo de acompanhamento e avaliação dos alunos (as equipes responsáveis pelo desenvolvimento do projeto deverão ser compostas por professor e estudantes de graduação da própria instituição).

       A coordenação da equipe executora deverá estar a cargo de um docente, com o título de Doutor, Mestre ou especialista, pertencente ao quadro da instituição proponente, e que deverá obrigatoriamente ter o seu Currículo Lattes preenchido e atualizado.

       Os projetos devem ser preenchidos conforme normas disponíveis em:http://uespar.edu.br/servicos/programa-de-iniciacao-cientifica-da-uespar-facitec-proic/regulamento-pic-419.

 

TOP